Centro Universitário AGES I Relatos: Experimentando as Letras - UniAGES - Centro Universitário AGES
(75) 3279-3600/2210 faleconosco@uniages.edu.br

Egressos do UniAGES discutem acerca do tema: “Aprendendo a ensinar: competências caras ao profissional das Letras”

O educador é a peça principal para “despertar a sede de aprender” no discente. Ele é o agente que cria condições para a construção da aprendizagem, por meio de metodologias e fazer dinâmico, suscitando a transformação de muitas vidas. Sua atuação é perceptível na formação de um estudante para a vida, seja levando inúmeros discursos e textos aos estudantes ou fazendo análises linguísticas e apropriação do uso da língua materna a partir dos mesmos. Mas, a primordial competência do profissional das Letras é formar sujeitos capazes de interpretar, relacionar, interagir e compreender a situcionalidade e funcionalidade de diversos gêneros textuais no dia a dia, aprimorando a compreensão crítica e tornando os sujeitos aptos para resolverem problemas atuais.

Assim, esse debate diante do tema se fez em pauta nesta segunda-feira (11/06/18) com o “I Relatos” do colegiado de Letras da AGES. No evento, o Prof. Esp. Marcelo Silva e a Prof.ª Vanesca Leal, egressos do UniAGES, em uma mesa de discussão mediada pela professora Gilza Andrade, argumentaram acerca da atuação prática do profissional de Letras, ao mesmo tempo que puderam apresentar suas experiências do cotidiano da profissão como docentes da área de linguagens. Inúmeras metodologias e vivências puderam ser apreciadas no evento, trazendo significado à formação dos estudantes do colegiado de Letras e estudantes de demais áreas da licenciatura que estavam envolvidos no momento. Além disso, os egressos deixaram registrado o significado da academia após a graduação, uma vez que revivem as teorias no cotidiano profissional. Simplesmente, show!

“Sou Letras, leio a palavra, escrevo a história e movimento o mundo. ” (Gilza Andrade)