(75) 3279-3600/2210 faleconosco@uniages.edu.br

A IV Semana da Consciência Negra do Centro Universitário AGES consiste em uma atividade anual de extensão promovida pelo Colegiado de História. Esta objetiva integrar as discussões desenvolvidas em diversas disciplinas com a prática pedagógica, capacitando, assim, os alunos para atenderem ao que disciplina a Lei 11.645/2008, a qual instituiu a obrigatoriedade do ensino de História da África e da Cultura Afro-brasileira e Indígena na educação básica.
Neste sentido, foram propostas atividades que intercalaram momento de discussões acadêmicas com situações mais lúdicas. Nesta nova versão foi discutida a AFROCENTRICIDADE.

O termo Afroncentricidade tem por objetivo a indagação se os padrões construídos pelo Ocidente constituem crenças ou conhecimentos a respeito de povos e culturas africanas e diaspóricas, de sua filosofia e experiência de vida que permeiam a base dos saberes cotidianos. A crítica afrocentrada verifica que, em grande parte, o Ocidente postula como conhecimento um conjunto de crenças que sofrem distorções oriundas do etnocentrismo ocidental, demonstrando, assim, a falta de sutileza para abordagens de conceitos tão específico da cultura africana. O pensamento afrocêntrico investiga e propõe novas formas de articular a arte, o estudo, a pesquisa e o conhecimento nesse campo. Ela também se vale da pluralidade de ideias, não tendo por essência de arrogar, como fez o eurocentrismo, a condição de forma exclusiva de pensar, imposta de forma obrigatória sobre todas as experiências e todos os epistemes. Ao enfatizar a primazia do lugar, a teoria afrocêntrica admite e exalta a possibilidade do diálogo entre conhecimentos construídos com base em diversas perspectivas, em boa fé e com respeito mútuo, sem pretensão à hegemonia, mas com intuito de demonstrar o seu lugar como fazedor de história.

Nessa ocasião contou-se com apresentações musicais, palestras, apresentações culturais, minicursos, rodas de conversas, apresentações audiovisuais, feira gastronômica, exposição de fotos, desfile afro, entre outras atividades.

Confira alguns registros fotográficos do evento!