Publicado em 28/11/2017
Atualmente, nota-se que há um aumento significativo das neoplasias no perfil de mortalidade da população brasileira. Com isso, o câncer de próstata é o sexto tipo de câncer mais comum no mundo e o segundo mais frequente entre os homens no Brasil. 
Para reduzir a incidência do câncer de próstata, é necessária a realização de ações contínuas que levem à conscientização da população quanto aos fatores de risco do câncer e também promovam a detecção precoce destes, proporcionando o acesso a um tratamento de qualidade. Com isso, teremos o controle do câncer com a detecção precoce, fazendo a intervenção sobre fatores de risco e a promoção à saúde.